• MESTRADO ACADÊMICO EM EDUCAÇÃO

    Com Área de Concentração em Educação e Formação Humana, possui duas Linhas de Pesquisa: a) Linha de Pesquisa Educação, Instituições Políticas Educacionais; b) Linha de Pesquisa Educação, Cultura, Teorias e Processos Pedagógicos.

  • Revista Científica de Educação

    A Revista Científica de Educação está integrada ao processo de ampliação das ações da Faculdade de Inhumas destinadas à formação de profissionais para a área da Educação e, mais especificamente, vinculada ao processo de implantação do Mestrado em Educação nesta Instituição.

  • Portal de Revistas Eletrônicas - FacMais

    O Portal de Revistas Eletrônicas da Faculdade de Inhumas - FacMais é um projeto que visa a democratização e o livre acesso às pesquisas aqui desenvolvidas. O Portal utiliza o Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER) que é um software desenvolvido para a construção e gestão de uma publicação periódica eletrônica. E

Interculturalidade - África e Brasil

A FacMais, na tarde do sábado passado (18.08.2012), inaugurou no seu Programa de Extensão o Projeto Interculturalidade África e Brasil, coordenado pela professora Cilma Freitas e ministrado pelo professor Moisés Agostinho Baloi

A FacMais, na tarde do sábado passado (18.08.2012), inaugurou no seu Programa de Extensão o Projeto Interculturalidade África e Brasil, coordenado pela professora Cilma Freitas e ministrado pelo professor Moisés Agostinho Baloi, de origem moçambicana. O projeto, com cinco módulos, iniciou-se com a temática Traços da História da África (da história antiga à época atual), abordando etnias africanas e matrizes formadoras do povo brasileiro. O curso contou com alunos de graduação de Administração, Ciências Contábeis, Enfermagem e Direito. Também prestigiaram o evento a codiretora acadêmica, Thalita Meneses da Silva; o vice-diretor acadêmico e coordenador do Curso de Administração, professor João Batista Gomes; a coordenadora do Curso de Ciências Contábeis, professora Eunice Carvalho Mattos de Araújo; e integrantes do corpo administrativo da instituição. Para caracterizar a proposta em sua representatividade africana, o professor Moisés Baloi vestiu-se de roupa típica do seu país natal (Moçambique). No próximo sábado (dia 25.08.2012, das 14 às 18h), o segundo módulo do projeto terá uma mesa-redonda com dois convidados: a senhora Raimunda Montelo (Superintendente de Promoção da Igualdade Racial – SUPIR/Goiânia) e o professor Sebastião Fernando da Silva (membro do Instituto Brasileiro Floresta Sagrada – IBRAFS/Brasília) para debaterem o tema Cultura Africana no Desenvolvimento do Brasil.


ASSINE A NEWSLETTER

Mantenha-se atualizado sobre as últimas noticias:

Conecte em nossas redes sociais

Twitter